• Home
  • Notícias
  • Alunos propõem soluções para o Instituto Braile do ES

Alunos propõem soluções para o Instituto Braile do ES

Os acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo desenvolveram o projeto de um pátio externo com jardim sensorial e ambiente de vivências coletivas para o Instituto Braille do Espírito Santo. Por meio do Inova, os alunos receberam essa demanda real, em que deveriam propor soluções para este espaço.

O objetivo era pensar em um ambiente acessível para os usuários do Instituto que pudessem socializar, além de um jardim sensorial, um parquinho e ambientes mais lúdicos. Os espaços que foram propostos também contemplam uma área de horta e um local para cursos e oficinas. O desafio fez parte da disciplina Projeto de Praça e no primeiro momento, foi realizada uma visita técnica ao local para o estudo preliminar. Cada grupo desenvolveu um projeto com possíveis soluções e ideias e maquetes táteis para conseguir transmitir para a comunidade do Instituto Braile as propostas. As melhores ideias serão reunidas em um único projeto.

O Instituto está se articulando para levantar recursos e apoio para o desenvolvimento do projeto que foi encaminhado para ser acompanhado pelo Núcleo de Arquitetura e Urbanismo do UniSales que também está realizando o estudo para a criação de uma calçada cidadã para o local.

De acordo com a professora Lilian Dazzi, responsável pela disciplina, “a demanda para desenvolver um estudo para o Instituto Braille trouxe a possibilidade de aproximar os alunos de importantes questões como a acessibilidade e desenho universal nos espaços livres e a experiência de etapas do processo do projeto de arquitetura na prática: como o levantamento, conversas iniciais sobre o programa e o retorno projetual à instituição”.

Logo Unisales