Infraestrutura rodoviária: a pós para quem ama logística

Infraestrutura rodoviária: a pós para quem ama logística

O Brasil ocupa a 54a colocação no ranking de performance mundial em logística. Algo que afeta não apenas o setor, mas também os demais segmentos de mercado que dependem dos serviços logísticos para operar. É o caso da distribuição de alimentos, combustíveis e até mesmo mercadorias, o que impacta inclusive o comércio eletrônico.

Um dos fatores que mais afeta a performance logística é a falta de infraestrutura rodoviária adequada. Num cenário ideal, seria necessário não só melhorar a qualidade das rodovias, mas também ampliar significativamente a malha rodoviária para conceder acesso facilitado a diversas regiões do país.

Outro ponto de atenção, estreitamente ligado à falta de um plano de melhoria e expansão da malha rodoviária, é a necessidade de profissionais especializados nesse segmento.

Se você se interessa pelo assunto, continue a leitura. Você vai conferir como uma pós-graduação em Infraestrutura Rodoviária pode te ajudar a se destacar como um solucionador de problemas no setor logístico.

 

Análise de infraestrutura e solução de problemas

O profissional especializado em infraestrutura rodoviária tem a capacidade de analisar o cenário atual, seja a nível municipal, estadual ou federal, e propor soluções que facilitem o transporte logístico em todo o território.

Para tanto, ele deve ter conhecimento não só do planejamento e implementação de infraestruturas rodoviárias, mas também sobre licenciamento ambiental, já que a construção de estradas e rodovias impacta significativamente o meio ambiente.

Mecânica dos solos é outro conhecimento indispensável ao profissional que pretende atuar no desenvolvimento de infraestruturas rodoviárias. A base na qual essas infraestruturas serão construídas deve ser segura, resistente e adequada ao que se pretende construir.

 

Planejamento, gestão e inovação

Quem deseja se especializar em infraestruturas rodoviárias também deve desenvolver sua capacidade de planejamento e gestão, já que lida com parcerias público-privadas, orçamentação, contratação de fornecedores e gestão de pessoas.

A inovação faz parte do seu dia a dia, portanto, estar atento às tendências e tecnologias que podem facilitar o seu trabalho é indispensável.

Gestão de projetos é outra competência que não pode faltar ao profissional. Cada nova infraestrutura planejada e implementada constitui um projeto, que pode fazer parte de um portfólio de projetos muito maior.

Nesse sentido, a comunicação, negociação e capacidade de liderança também são requeridas deste profissional.

 

Qualificação contínua

Mais de 60% de toda a carga é transportada via rodovias no Brasil. Isso coloca como principal desafio do setor logístico a busca incessante por uma infraestrutura rodoviária de melhor qualidade, que conecte verdadeiramente todo o país.

Com isso, seria possível levar produtos aos lugares mais distantes, reduzir o custo do transporte e facilitar o acesso a bens de consumo essenciais, como alimentos e medicamentos, por exemplo.

Diante disso, o que o profissional que atua no setor logístico, de estradas e rodovias e afins é qualificação constante. Afinal, é através do conhecimento que são encontradas soluções para os desafios que enfrentamos diariamente no país.

Sendo assim, por que não começar por uma pós-graduação? Além de contar com conhecimentos atualizados sobre o setor, você poderá compartilhar suas dificuldades com outros profissionais da área, desenvolver ideias e soluções em conjunto, que possam beneficiar não apenas uma, mas várias empresas ao mesmo tempo.

Gostou da ideia? Conheça melhor a pós-graduação em Infraestrutura Rodoviária do UniSales e destaque-se no mercado logístico!

Logo Unisales