Ensino baseado em projetos: preparando você para o mercado de trabalho

Ensino baseado em projetos: preparando você para o mercado de trabalho

O ensino baseado em projetos consiste em apresentar aos estudantes desafios do mundo real para que eles possam, a partir dos conhecimentos e experiências adquiridos em sala de aula, resolvê-los.

Desse modo, o Project-Based Learning ou Aprendizagem Baseada em Projetos, visa munir os alunos de ferramentas teóricas e práticas totalmente aplicáveis ao mercado de trabalho.

Essa metodologia de ensino-aprendizagem tem inúmeras vantagens, as quais você vai conhecer neste post. Siga com a leitura!

Maior retenção do conteúdo a longo prazo

Somos seres multisensoriais. Usamos nossos cinco sentidos para conhecer e apreender o mundo que nos rodeia. No centro de tudo, está o nosso cérebro, que recebe os estímulos externos e os interpreta de acordo com a nossa cultura, educação, contexto social e experiência de vida.

Nesse sentido, quando apenas ouvimos determinado conteúdo, retemos uma pequena parte dele. Quando o lemos, absorvemos outra pequena parte. Mas, quando usamos toda a nossa capacidade cognitiva, conseguimos aprender muito mais em menos tempo.

A proposta do ensino baseado em projetos é justamente essa: permitir que você use toda a sua capacidade de aquisição de conhecimento através da prática aliada à teoria.

Desse modo, quando você chega ao mercado de trabalho, já tem uma certa experiência acumulada. Conta, inclusive, com um portfólio de projetos realizados, os quais podem ser apresentados no seu currículo e se transformarem em um diferencial na sua contratação.

Melhor desempenho acadêmico e profissional

Todo universitário quer colocar em prática aquilo o que aprende em sala de aula com a maior velocidade possível. Não só para obter experiência, mas também para verificar o que realmente é aplicável e o que fica no campo teórico.

Contudo, no ensino tradicional, essa experiência geralmente fica relegada aos estágios obrigatórios ou ao mercado de trabalho, quando o egresso já está formado. Mas, com o ensino baseado em projetos, você não precisa esperar para concluir a graduação.

Ao longo de todo o curso você desenvolve projetos individuais e em equipe, aprimorando competências que serão um grande diferencial no mercado de trabalho. Alguns exemplos são a liderança, a gestão de projetos e a comunicação interpessoal.

Adaptabilidade, resiliência, mediação de conflitos e autodidatismo são outros exemplos de competências que você desenvolve ao longo da faculdade e que fazem toda a diferença na sua vida profissional.

Criatividade e inovação

As empresas buscam profissionais capazes de romper paradigmas, de questionar situações e apresentar ideias inovadoras. Mas como um jovem profissional pode oferecer isso se ele ainda não teve a oportunidade de arriscar, de experimentar?

Quando você estuda em uma instituição que adota o ensino baseado em projetos, esse gap (falha) deixa de existir. Isso porque você é desafiado a todo momento.

Durante as aulas, os professores apresentam estudos de casos, fomentam debates, solicitam projetos que visem a criação de soluções inovadoras para problemas recorrentes.

Com isso, você se transforma em uma pessoa mais criativa, capaz de olhar o mesmo problema sob diversos ângulos e usar conhecimentos interdisciplinares para resolvê-los.

O ensino baseado em projetos abre as portas para uma experiência totalmente diferente na graduação. Se você quer saber o que mais te espera em um curso que utiliza essa metodologia, conheça agora o UniSales MOB!

Logo Unisales