Como funciona o estágio na faculdade?

Como funciona o estágio na faculdade?

Chegar à universidade já é uma grande conquista. Mas depois disso, vem uma série de responsabilidades que o estudante precisa conciliar. Uma delas é o estágio. 

Embora nem todos os cursos exijam horas de estágio para a conclusão do curso, o estágio na faculdade acaba sendo um importante diferencial no currículo de um recém-formado.

Ele é a única maneira de colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos em sala de aula e, ainda, conhecer de perto a rotina profissional da área que você escolheu. Ou seja, ele é uma etapa fundamental para sua formação profissional. Porém, muitos estudantes têm dúvidas sobre como funciona o estágio na faculdade.

Se você é um deles, leia este post até o final e descubra tudo o que precisa antes mesmo de se candidatar a uma vaga de estágio na faculdade!

O que é um estágio e quem pode fazer? 

O estágio é a prática na qual um estudante, ainda durante o curso de graduação,  presta serviços a uma determinada empresa dentro da sua área de atuação, mas sem vínculo empregatício. 

Ele proporciona ao aluno a experiência necessária para que este saia da faculdade mais preparado, já conhecendo as rotinas da sua área profissional e tendo chances mais concretas de disputar uma vaga no mercado de trabalho.

Como conseguir um estágio na faculdade? 

A maioria das grandes empresas mantêm programas de estágios anuais, que são processos seletivos realizados com o intuito de atrair estudantes. Nesse sentido, vale a pena ficar atento aos sites dessas empresas e páginas que divulgam oportunidades de estágio, como o CIPE.

Além disso, muitas instituições de ensino superior têm um departamento ou projeto voltado a auxiliar os alunos a conseguirem um estágio. Por meio deles, são feitas parcerias com empresas e divulgadas vagas de estágio para os universitários, como é o caso da Central de Carreiras.

Outra forma de conseguir um estágio ainda na faculdade é manter contato com professores e colegas, que podem indicar oportunidades. Estar atento a programas de trainees também é uma boa ideia.

Quais são os requisitos para concorrer a uma oportunidade de estágio? 

Para ser elegível a uma vaga de estágio, é necessário ter mais de 16 anos e documentos como RG e CPF. Além de estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino superior, é claro. 

É importante dizer que o melhor período para buscar um estágio é a partir dos últimos dois anos de curso. Nesta fase, você já estará mais familiarizado com os conhecimentos a serem aplicados durante o estágio.

Além disso, ao se candidatar a uma oportunidade, seu desempenho como aluno também será avaliado. Portanto, tenha sempre boas notas e garanta a frequência nas aulas se quiser ser selecionado. 

Quais são os tipos de estágio? 

Como adiantamos logo no início do texto, há cursos que têm o estágio obrigatório como parte do currículo e há aqueles onde a prática é opcional.

Cabe ressaltar que a obrigatoriedade do estágio não é definida pela instituição, mas pelo MEC (Ministério da Educação). Portanto, se o seu curso tiver um período de estágio obrigatório, as horas correspondentes a ele devem estar discriminadas na grade curricular.

Nesses casos, o aluno deve fornecer relatórios periódicos sobre as atividades realizadas (a cada seis meses) assim como a universidade deve dar suporte ao aluno durante todo o período de estágio, como envio de documentos necessários à empresa. 

Quais são os direitos de um estagiário? 

Antes de iniciar o seu período de estágio, todo estudante deve assinar um termo de compromisso de estágio, como é chamado o contrato de trabalho do estagiário. Trata-se de um acordo formal entre o estudante, a empresa e a instituição de ensino. 

O documento informa as condições, direitos e deveres de cada uma das partes, prevendo a adequação das funções do estagiário ao curso em que ele está matriculado e assegurando que ele não faça nenhuma atividade fora da sua área de atuação.

Além do termo de compromisso, é preciso observar as leis que regulam essa modalidade de contratação. A Lei do Estágio está em vigor desde 2008 e traz definições importantes sobre a conduta dos estagiários e empregadores, evitando possíveis abusos de ambos lados. Confira abaixo os principais itens:

Carga horária 

O período de trabalho de um estagiário não é o mesmo de um trabalhador comum: ele pode trabalhar no máximo 30 horas semanais, o que dá 6 horas diárias.

O tempo reduzido é bem justo, já que que o estudante precisa dedicar parte do seu tempo às obrigações da faculdade. E essa carga horária também  deve ser reduzida durante períodos de exames, já que a prioridade é o estudo.

Remuneração 

Este é um ponto que gera muita polêmica entre os candidatos a um estágio na faculdade. Mas a verdade é que não há nada previsto na lei que obrigue o empregador a fornecer um salário ao estudante contratado. Logo, também não há uma quantia mínima para essa remuneração, que é chamada de bolsa-auxílio.

No entanto, a maioria das empresas costuma adotar a política de remuneração de seus estagiários como estratégia para atrair e reter novos talentos. O valor da bolsa-auxílio, portanto, deve ser acordado entre a organização e o estudante.

Férias 

Será que o estagiário tem direito a férias? Tem, sim! Existe a possibilidade de ter um recesso remunerado após completar um ano de serviço, seguindo as mesmas regras de um colaborador normal. Isso se o estágio for remunerado.

Seguro de vida

Muitos não sabem, mas o estagiário também tem direito a um seguro de vida, que pode ser providenciado pela contratante ou pela instituição de ensino. Então, o direito de indenização em caso de acidentes de trabalho é garantido.

Duração do estágio

Um contrato de estágio pode durar até dois anos. A exceção vale apenas para pessoas com deficiência, que podem renová-lo por mais tempo. 

Agora que você já esclareceu todas as suas dúvidas sobre como funciona um estágio na faculdade, está preparado para dar seu próximo grande passo: escolher uma graduação que dê mais flexibilidade para você fazer seu estágio com tranquilidade. Conheça o UniSales MOB!

;
Logo Unisales