Como estudar menos e aprender mais

Como estudar menos e aprender mais

Estudar menos e aprender mais. Quem não quer essa fórmula mágica?

Dedicando menos tempo aos estudos, é possível conciliar outras atividades, como maratonar aquelas séries em atraso, colocar a leitura em dia e até rever os conteúdos que faz tempo que você estudou.

Porém, passar menos tempo estudando sem ter uma técnica que ajude a apreender mais conhecimento pode ser prejudicial ao seu desempenho como estudante. Algo que certamente você não quer.

Então como equilibrar as duas coisas? É o que você confere neste post!

Divida o conteúdo em unidades menores

Quando vemos um livro de 500 páginas ou uma apostila gigantesca sobre determinado assunto, sentimos que não seremos capazes de adquirir todo aquele conhecimento.

Porém, se você dividir esse conteúdo em unidades menores, como um capítulo por vez ou então 15 páginas por vez, será mais fácil abraçar a tarefa de estudar.

Pouco a pouco, você verá que está aprendendo mais do que estaria se passasse horas e horas lendo sobre o mesmo tema.

Crie mapas mentais

Mapas mentais são uma excelente maneira de estudar menos e aprender mais. Isso porque eles permitem sintetizar todo o conhecimento que você adquiriu em palavras e frases-chave, conectando conceitos, linhas temporais e assuntos relacionados.

Os mapas mentais são ideais para quem quer estudar com mais eficiência, desenvolvendo uma visão global sobre um determinado assunto. Em uma simples folha A4 é possível reunir uma quantidade enorme de conhecimento e ver como ele se conecta com outros temas importantes para a sua formação.

Você também pode criar mapas mentais online, com ferramentas como o Draw.io ou o LucidChart.

Descubra seu momento de produtividade

Ser mais produtivo nos estudos significa estudar mais coisas em menos tempo, sem perder a qualidade. E isso pode ser conquistado mais facilmente se você conseguir identificar o seu melhor horário de estudo.

Existem pessoas que são mais produtivas pela manhã, outras à tarde ou à noite. Portanto, observe sua disposição ao longo do dia e anote os momentos em que se sentiu com mais energia para estudar.

Depois, é só se acostumar a estudar nesse horário, sempre respeitando outros compromissos pessoais ou profissionais.

Desenvolva a sua concentração

A concentração é vital para ter mais foco nos estudos e assim aprender mais estudando menos tempo. O motivo é simples: quando você está concentrado, deixa de prestar atenção às coisas ao seu redor.

Existem várias técnicas para desenvolver a concentração, como selecionar um ponto na parede e olhar insistentemente para ele, sem perdê-lo de vista. Também é possível fazer o mesmo com um objeto, como um quadro ou vaso de plantas.

Pratique yoga

Achou essa dica estranha? Pois saiba que a prática de yoga contribui de várias maneiras para que você estude menos e aprenda mais.

Além de ter vários exercícios que melhoram a concentração, o yoga ajuda a reduzir a ansiedade e a relaxar, por isso, é uma excelente maneira de se preparar para o seu período de estudos.

O yoga também melhora a memória, pois ajuda seu cérebro a fazer novas conexões à medida que você avança na prática de ásanas (posturas) e pranayamas (respirações).

E a melhor notícia é que você pode praticar yoga em casa. Existem escolas online e aplicativos para baixar no celular que promovem aulas de yoga à distância. Experimente!

Faça meditação guiada

A meditação é uma prática que ajuda muito a desenvolver a concentração e promover um relaxamento geral, eliminando a ansiedade. Mas tem gente que sente dificuldade em interromper os pensamentos completamente.

É por esse motivo que recomendamos a meditação guiada. Essa prática consiste em contar com uma pessoa para orientar o seu processo meditativo, dando o passo a passo para que você se desconecte do mundo por alguns minutos.

No Spotify, existem várias playlists de meditação guiada que você pode acompanhar para se tornar uma pessoa mais tranquila, saudável e com atenção redobrada.

Curtiu essas ideias para estudar menos e aprender mais? Continue acompanhando o UniSales aqui no blog e nas redes sociais e confira mais dicas como essas!

Logo Unisales