• Home
  • Blog
  • Carreira
  • Como investir na carreira profissional desde o primeiro ano da faculdade?

Como investir na carreira profissional desde o primeiro ano da faculdade?

Como investir na carreira profissional desde o primeiro ano da faculdade?

O primeiro ano de faculdade é uma verdadeira redenção para muitos alunos. A conquista de uma vaga e o ingresso em um novo curso é muito gratificante, mas ainda não é hora de relaxar.

Embora seja apenas o começo de uma jornada, é preciso desde já planejar. Saber como investir na carreira profissional é algo que você não pode abrir mão. 

Mas não precisa ficar ansioso! Se você está no primeiro ano da faculdade, daremos a seguir boas dicas para aproveitar desde o começo tudo que a graduação oferece. Continue a leitura!

Graduação: o início da sua carreira profissional

Não há dúvidas de que o ingresso num curso de graduação é o pontapé inicial para a carreira profissional. Para se ter uma ideia, dados apontam que houve um aumento de 5,4% no ingresso de alunos em IES no ano de 2019. A tendência é que essa busca por capacitação só aumente.

Apesar disso, a decisão de cursar uma graduação precisa ser tomada de maneira consciente. Na hora de escolher um curso, não basta apenas mirar em futuros ganhos financeiros, mas, principalmente, na afinidade com a área pretendida.

Outro fator importante diz respeito à qualidade e reconhecimento da instituição de ensino. A reputação da faculdade escolhida pode ser um diferencial no futuro exercício da profissão, sobretudo na hora de buscar emprego.

Uma vez matriculado, chegou a hora de planejar o seu futuro. Embora pareça cedo, começar a pensar em como investir na carreira profissional desde já será uma carta na manga para se diferenciar da concorrência.

Desenvolvendo um plano de carreira

O primeiro passo para quem se preocupa em como investir na carreira profissional desde o início da faculdade é desenvolver um plano de carreira. Esse planejamento a longo prazo servirá de guia durante toda a sua vida acadêmica e profissional. 

Esse plano deverá abordar as seguintes questões:

Objetivos gerais e metas

O norte que guiará o seu plano de carreira deve ser o seu objetivo profissional. O que você mira em sua carreira? Um emprego em uma empresa específica? Um valor salarial? Estabeleça o seu objetivo e trabalhe para conquistá-lo.

Além desse objetivo geral, é preciso também que você estabeleça metas para alcançá-lo. Passos como “encontrar um estágio no segundo semestre”, ou “publicar um artigo científico” são exemplos de metas concretas e possíveis.

Análise de cenário profissional

Infelizmente, não podemos pautar nossa carreira apenas nos nossos sonhos. Na hora de planejar a longo prazo, é importante que você analise os dados concretos sobre a profissão que escolheu seguir.

Quais as perspectivas profissionais ao sair da faculdade? Qual a realidade de mercado para essa profissão? Existem áreas já saturadas dentro da carreira escolhida? Se sim, quais caminhos novos você pode seguir?

 Se você se preocupa em como investir na carreira profissional, não deixe de responder a esses e outros questionamentos.

“Conhece a ti mesmo”

Na hora de planejar sua carreira a longo prazo, é importante também fazer um diagnóstico do seu perfil. Quais habilidades você precisa adquirir para concretizar suas pretensões? Quais limitações você possui hoje?

Para responder a essas perguntas, uma ferramenta muito útil é a matriz SWOT pessoal, uma análise detalhada das suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Esse diagnóstico detalhado o ajudará a trilhar os caminhos corretos para a vida profissional.

Tendo planejado as diretrizes gerais para a sua carreira, chegou a hora de “arregaçar as mangas”. Mas como investir na carreira profissional desde o início do curso?

5 dicas práticas para quem planeja a carreira desde o início do curso

Algumas atitudes simples e eficazes podem ser tomadas pelo estudante que se preocupa com o seu futuro desde o início da faculdade. Confira:

1. Esteja sempre em dia com os estudos

Essa é uma orientação óbvia para todo estudante, principalmente para aqueles que ingressam num curso superior pensando na carreira. Faculdade não é brincadeira! Negligenciar os estudos é o caminho mais rápido para ficar para trás e desperdiçar oportunidades profissionais.

Organize uma rotina de estudos diária, não acumule assuntos, frequente as aulas e, de maneira geral, dedique-se. Embora não seja o único, o desempenho estudantil será fator decisivo para sua formação profissional.

2. Fortaleça a rede de relacionamentos

Um curso superior é uma mina de ouro quando falamos de formação de networking. Faça bom uso da comunidade acadêmica e aproveite para conhecer muitas pessoas. Esses contatos serão muito importantes para você no futuro.

Não limite suas opções na hora de construir sua rede de contatos. Vá além da sala de aula, conheça pessoas de outros cursos, professores, colegas de iniciação científica e até funcionários da faculdade. Fortaleça seus relacionamentos e eles trarão frutos preciosos para sua vida profissional.

3. Não negligencie a prática profissional

“Na prática, a teoria é outra”.

Essa máxima diz muito sobre a importância da prática profissional. Não há como investir na carreira profissional limitando a sua graduação apenas aos ambientes acadêmicos.

Para isso, partir para estágios e empregos relacionados à sua área é uma ótima iniciativa. Cuide apenas para que essas atividades estejam contextualizadas com o que você previu no seu plano de carreira, afinal de contas, tudo precisa estar conectado à execução das suas metas profissionais.

4. Desenvolva soft skills

Você já ouviu falar em soft skills? Elas nada mais são que habilidades de caráter emocional que, embora não relacionadas necessariamente a aspectos técnicos da profissão, auxiliam na formação de um profissional completo.

Empatia, liderança, organização, colaboração, resiliência. Essas e outras habilidades, aliadas ao conhecimento técnico adequado, podem impulsionar o seu desempenho profissional, desde que devidamente desenvolvidas. Aproveite sua graduação para aprimorá-las!

5. Aproveite o tempo fora da faculdade

Ok, sabemos que um curso de graduação demanda muito tempo e esforço. Mas é fora da sala de aula que você conseguirá o diferencial necessário ao seu currículo. 

Cursos de idiomas, qualificações, certificações profissionais e quaisquer outros projetos paralelos que enriqueçam sua formação não podem ser deixados de lado. Pense nessa tarefa como um investimento na sua carreira e ela não será tão árdua assim.

Não há dúvidas de que uma carreira profissional sólida deve ser planejada a longo prazo. Se você é calouro, aproveite o momento e planeje como investir na carreira profissional desde já para sair na frente após a tão sonhada formatura.

Gostou das nossas dicas? Navegue pelo nosso blog e confira outras informações úteis para a sua carreira!

Logo Unisales