Confira 7 dicas infalíveis para conseguir emprego depois da faculdade

Confira 7 dicas infalíveis para conseguir emprego depois da faculdade

Todo final de ano é assim: milhares de estudantes concluem o curso universitário e, logo, estão prontos para entrar no mercado de trabalho. Mas será que isso basta para conseguir emprego depois da faculdade?

Na verdade, não. Para iniciar sua trajetória profissional naquele cargo que você tanto quer, é preciso começar a se preparar bem antes do término do curso.

Mas o que fazer, exatamente? Por onde começar? Se você tem dúvidas sobre como conseguir emprego depois da faculdade, neste post, indicaremos 7 ações que todo estudante deve fazer para atingir esse objetivo — e como fazê-las. Fique ligado!

1. Elabore seu currículo

A primeira, talvez, você já saiba: é a elaboração do currículo. Essa etapa pode parecer simples, mas não é bem assim, porque o currículo é a ferramenta mais importante em um processo seletivo.

O currículo é a sua porta de entrada numa empresa. Portanto, dedique o tempo e a atenção necessários para que ele fique perfeito e passe uma boa impressão ao recrutador. Abaixo, contamos como criar um currículo que chame a atenção.

Seja objetivo

Qual cargo você quer ocupar? Em qual área? Que experiências profissionais você já teve? (vale citar o estágio). O que aprendeu? Seu trabalho gerou algum resultado?

Descreva todos esses itens de forma bem objetiva. Se ainda não teve experiência profissional, cite o seu histórico educacional e cursos complementares relevantes para a sua área.

Monte o seu currículo corretamente

Existe uma estrutura padrão para o currículo, que funciona para a maioria das empresas. Estruture as informações do seu currículo da seguinte forma:

  • Cabeçalho: contém dados pessoais, como nome completo, endereço, e-mail e telefones;
  • Objetivo profissional: descrição do cargo desejado;
  • Formação acadêmica: instituições de ensino frequentadas (inclusive a do ensino médio e fundamental);
  • Histórico profissional (se houver);
  • Cursos extracurriculares e outros conhecimentos: de idiomas, informática etc.

Revise o seu currículo

Às vezes, mesmo tendo um currículo excelente, você pode ser descartado na primeira etapa do processo por conta de erros de português. São falhas que podem ser facilmente evitadas se você escrever seu currículo com bastante atenção.

Caso tenha dúvidas sobre gramática e ortografia, vale dar uma pesquisada na internet, procurar num dicionário ou mesmo contratar um profissional de revisão para não cair nessa armadilha.

Seja sucinto

O documento deve ter até duas páginas tamanho A4. Para profissionais com mais experiência, o recomendado é não passar de três. Fique atento.

2. Escreva uma carta de apresentação

A carta de apresentação não é um elemento obrigatório, mas conta pontos em um processo seletivo.

É uma maneira de se apresentar ao recrutador e demonstrar todo o seu interesse na vaga, fazendo um breve resumo do seu currículo. Portanto, deve, também, ser escrita de forma breve e com todo o cuidado, para ser entregue junto ao currículo. 

3. Cadastre-se em vários sites de emprego

Hoje em dia, não há nenhuma empresa que não utilize a tecnologia para recrutar seus profissionais. Inclusive, algumas até já têm o processo 100% virtual, facilitando bastante a vida dos candidatos.

Assim, uma boa dica para conseguir emprego depois da faculdade, é cadastrar-se nas principais plataformas de emprego da internet, como a Catho, o Vagas.com, Infojobs, entre outras.

4. Esteja também nas redes sociais

Em complemento aos sites de emprego, o uso de redes sociais como Linkedin e Facebook para busca de candidatos e divulgação de vagas também é crescente. Por isso, é fundamental que você tenha um perfil bem elaborado, em especial no LinkedIn.

O perfil do LinkedIn é uma versão do seu currículo online, então, as regras citadas acima são válidas, também, para ele. A diferença, no entanto, é que, no LinkedIn, você tem a possibilidade de se conectar aos profissionais da sua área de atuação e também com empresas do seu interesse.

Além disso, ele funciona como plataforma de anúncios de vagas, e até indica as que mais se parecem mais com o seu perfil, agilizando bastante a sua busca. Não é ótimo? Vale dizer que quase todos os recursos da plataforma são gratuitos.    

5. Pratique o networking

Manter uma boa rede de relacionamentos sempre foi muito importante para conquistar o sucesso na carreira. E é fundamental para você conseguir um emprego depois da faculdade, principalmente se você se relacionar com pessoas que trabalham na mesma área que você pretende atuar.

Uma das formas mais fáceis de fazer isso é utilizando o LinkedIn, como dissemos antes, mas não se limite a isso. O ideal é manter contato com essas pessoas fora do mundo virtual. Você pode fazer isso participando de eventos, cursos ou, até mesmo, convidando-as para tomar um café.

6. Acompanhe os programas de trainee das empresas

Todos os anos, empresas nacionais e multinacionais promovem programas específicos para trainees (recém-formados), e esta é uma ótima oportunidade para entrar naquela empresa de renome que você admira há tanto tempo.

Geralmente, os programas de trainees contratam profissionais até 2 anos depois de formados. Então, aí vem a grande dica: se você já tem em mente algumas empresas em que gostaria de trabalhar, acompanhe-as nas redes sociais e fique de olho para saber quando novas vagas para trainees serão abertas. Assim, você saberá exatamente quando e como se inscrever.

7. Prepare-se para a entrevista de emprego

A entrevista é um momento decisivo para quem está em busca de um emprego, e pode se tornar difícil para muitas pessoas. É natural que você fique um pouco nervoso, mas, para se sair bem na entrevista, você só precisa estar bem preparado e ter autoconfiança.

Pensando nisso, aí vão algumas orientações para você se preparar para uma entrevista de emprego:

  • Estude sobre a empresa onde você vai concorrer à vaga, assim como o segmento em que ela atua;
  • Invista em autoconhecimento, pois os gestores não vão querer saber apenas sobre qual faculdade você se formou ou se suas habilidades técnicas são suficientes. O objetivo deles é entender quem é a pessoa que eles vão contratar e se os seus valores são compatíveis com os da organização.
  • Busque qualificação profissional constantemente, afinal, a concorrência é grande e é preciso se destacar para conseguir uma oportunidade após a faculdade.
  • Desenvolva suas habilidades de expressão oral e escrita.

Conseguir um emprego depois da faculdade pode se tornar muito mais fácil se você já tiver um planejamento de carreira. Saiba como fazer o seu em 8 passos simples!

Logo Unisales