EAD x semipresencial: entenda as potencialidades de cada modalidade de ensino

EAD x semipresencial: entenda as potencialidades de cada modalidade de ensino

Encontramos tantas modalidades de ensino superior atualmente que é difícil imaginar que o ensino presencial foi, por muito tempo, a única opção. 

Hoje em dia, modalidades como o EAD (ensino à distância) ou o ensino semipresencial também são alternativas que já fazem parte da vida de milhares de estudantes. Ambas surgiram da busca por proporcionar um ensino superior ainda mais eficiente e acessível a todos.

Primeiro, o ensino à distância inaugurou a possibilidade de fazer um curso superior de maneira remota, facilitando a vida de quem buscava mais flexibilidade.

Depois, o ensino semipresencial resgatou o valor das experiências físicas, aliando-se às facilidades que o EAD já apresentava.

Na dúvida sobre qual modalidade de ensino escolher? Continue a leitura e entenda as potencialidades do EAD e do semipresencial na graduação!

EAD: mais flexibilidade para você

Se você não tem muito tempo para estudar ou se deslocar até a faculdade, o EAD é a opção ideal.

Com aulas 100% online, os estudantes só precisam comparecer à instituição ou a um polo de apoio presencial esporadicamente, para uma avaliação específica, um trabalho em grupo ou consulta à biblioteca, por exemplo.

Nesta modalidade, todos os conteúdos são ministrados por meio de um ambiente virtual de aprendizagem, também conhecido como AVA.

No AVA, o aluno encontra os materiais de cada disciplina, as aulas ao vivo ou gravadas, espaços para debate com outros alunos e canais de comunicação com colegas, professores e IES.

Também pode fazer uso de tecnologias que potencializam os estudos, como ambientes simulados, realidade aumentada e jogos educativos. Essa dinâmica dá maior motivação para que os alunos continuem se dedicando à graduação e concluam o curso com qualidade.

Semipresencial: o melhor de dois mundos

No semipresencial, parte das aulas é oferecida online e parte presencialmente. Isso significa que você tem mais liberdade para organizar seus horários e conciliar o ensino superior com outras atividades pessoais e profissionais durante a semana.  

Nesse sentido, o semipresencial conserva todas as facilidades do EAD, como videoaulas, acesso a materiais online, possibilidade de estudar em qualquer lugar e gerenciar seu tempo de acordo com suas outras atividades.

Mas o ensino semipresencial têm algumas vantagens que o EAD não possui. Exemplo disso são as aulas presenciais em laboratórios e a troca de experiências entre alunos e professores durante a realização de projetos.

Há, ainda, a possibilidade de experimentar todas as soluções que a faculdade oferece, como biblioteca, espaços de estudo, laboratórios de informática, entre outros. Tudo isso sem abrir mão da mesma tecnologia que é oferecida no ensino à distância.

EAD x semipresencial: qual escolher?

A escolha entre uma modalidade de ensino e outra deve ser feita com base no seu perfil enquanto aluno. Se você tem facilidade para organizar sua rotina sem precisar ir até a faculdade, o EAD pode ser uma boa opção.

Agora, se você valoriza as idas à faculdade e gosta de interagir pessoalmente com seus colegas, o semipresencial permite que você tenha as facilidades do EAD sem perder nada das experiências que o presencial pode te oferecer.

Curtiu a ideia? Então conheça melhor o UniSales MOB, a melhor graduação semipresencial de Vitória!

Logo Unisales