7 competências profissionais que você pode adquirir ainda na faculdade

7 competências profissionais que você pode adquirir ainda na faculdade

Passamos a vida toda adquirindo competências. Aprendemos a andar, a nadar, a ler, escrever, fazer cálculos.

Mas é na fase adulta, logo após a faculdade, que as competências profissionais começam a ser exigidas. E este é um dos motivos pelos quais nos tornamos inseguros na busca pelo primeiro emprego depois da formatura.

Afinal, ainda não temos resiliência, comunicação interpessoal, negociação, liderança, dentre tantas outras habilidades tão bem desenvolvidas.

Contudo, será que este cenário poderia ser diferente?

Continue a leitura e conheça 7 competências profissionais que você pode aprender ainda na faculdade, desde que escolha a faculdade certa!

1. Espírito de equipe

Você sabia que trabalhar em equipe é fundamental para a maioria das profissões? Mesmo quando sua função pareça individual, sempre há alguém de quem receber orientações e feedbacks. Diante disso, é fundamental saber lidar com seus colegas de trabalho.

Quando você trabalho em equipe, tem a oportunidade de compartilhar conhecimentos e experiências. Além disso, pode inspirar outras pessoas e ser inspirado por elas, tornando-se um profissional ainda melhor.

Por isso, é fundamental que você escolha uma faculdade que promova trabalhos em grupo, como desenvolvimento de projetos. É nessas interações em sala de aula que você tem a chance de desenvolver habilidades como negociação, comunicação interpessoal e espírito de equipe.

Afinal, respeitar as diferenças, valorizar a opinião do próximo e dividir sucessos e fracassos são algumas das lições do trabalho em grupo que podem ser aprendidas tanto em sala de aula quanto no trabalho.

E a boa notícia é que no Salesiano Digital há muito espaço para você desenvolver essa competência profissional. Nossos cursos de graduação contam com projetos integradores, que exigem debates entre colegas e aconselhamento com mentores.

2. Domínio tecnológico

Com a automatização dos processos de gestão, o domínio de softwares tornou-se não um diferencial, mas uma exigência para a maior parte das profissões, inclusive a sua.

Na área da saúde e das engenharias, por exemplo, é necessário conhecer determinados equipamentos ou aparelhos usados no dia a dia de trabalho. Portanto, se você está ingressando em uma dessas áreas, atente-se para o domínio tecnológico da sua profissão.

Agora, se você vai ser um dos futuros administradores, precisa conhecer softwares de gestão, os chamos ERPs – Enterprise Resource Planning. Em contrapartida, caso sua ideia seja se tornar engenheiro, saiba que terá que utilizar sistemas de modelagem computacional. Por outro lado, se sua vocação é ser biomédico, manejar vários instrumentos em laboratório de análises será essencial.

Como você pode ver, o conhecimento tecnológico é uma das competências profissionais que você precisa desenvolver ao longo da graduação para que, até a formatura, já esteja familiarizado com todas as ferramentas necessárias para a sua atividade profissional. 

Optar por uma faculdade com boa infraestrutura física é um diferencial, pois isso permite a prática profissional simulada ao longo do curso. Sem laboratórios modernos, o curso é apenas teórico. Para futuros profissionais da saúde, o ideal é ter também um espaço de atendimento ao público sob a supervisão de professores.

3. Pensamento crítico

Pensamento crítico é a habilidade de reconsiderar suposições, para então analisar fatos e compor um argumento. Sendo uma pessoa com pensamento crítico, você se torna racional e imparcial, tornando-se expert em resolver problemas e examinar dados.

Dentro da faculdade, você pode desenvolver essa competência profissional por meio da análise de casos reais, por exemplo. Ao lidar com uma situação autêntica relacionada à sua futura profissão, você tende a pensar criticamente e fazer escolhas baseadas em fatos. Ou seja, você aprende a tomar decisões fundamentadas e não considerar apenas suas próprias crenças.

No mercado de trabalho, o pensamento crítico é indispensável para resolver problemas, pois é o que permite a você enxergar qualquer cenário como um observador externo.

4. Criatividade

Pensar fora da caixa pode ser um fator decisivo na hora de empreender ou conquistar oportunidades de trabalho. Significa pensar na mesma situação por diferentes ângulos e não considerar somente soluções óbvias. 

Ao contrário do que prega o senso comum, a criatividade é uma habilidade que pode ser desenvolvida com a prática, assim como o pensamento crítico. Profissionais inventivos ou capazes de inovar são valiosos, pois conseguem diminuir custos e exploram diferentes alternativas sem dificuldade.

Esse é um dos motivos pelos quais o UniSales investe no aprendizado baseado em projetos. Nossos alunos são desafiados com problemas do mundo real, propostos pela comunidade. A partir daí, buscam juntos soluções inovadoras, que posteriormente são aplicadas em empresas ou na comunidade.

5. Proatividade

Ser proativo significa que você tem iniciativa, antecipa-se às demandas e não precisa de ordens para agir. Esta é uma das competências profissionais mais desejadas pelos empregadores, e também é primordial nos empreendedores. 

A proatividade é também uma característica comum em quem cursa uma faculdade EAD. O motivo é que nesse formato de graduação não existe o horário definido para as aulas, de forma que você precisa ter a atitude de criar e seguir uma rotina de estudos.

Sendo proativo, você tem mais chances de explorar os conteúdos e aproveitar as interações com professores e tutores para tirar dúvidas.

6. Liderança

O líder é quem motiva a equipe na realização de uma tarefa e não necessariamente quem dá ordens e dita regras. Entre as características de um bom líder estão a capacidade de gerar a sensação de segurança na equipe, o equilíbrio emocional e a capacidade de tomar decisões. 

Ter liderança é uma competência muito valorizada no mercado de trabalho, pois os líderes são os responsáveis pelo desempenho de muitas outras pessoas. Por isso, ocupam posições de alta responsabilidade nas empresas.

E, acredite ou não, você pode desenvolver sua capacidade de liderança durante a faculdade. Durante os trabalhos em grupo, debates, estágios e apresentações é possível fortalecer essa competência profissional por meio do diálogo com os colegas.

7. Visão sistêmica

Visão sistêmica nada mais é do que a capacidade de compreender uma empresa em sua totalidade, sabendo que setores diferentes na verdade são complementares e que um interfere no funcionamento do outro. Ter visão sistêmica é enxergar o negócio como um todo, e não em parcelas.

Na prática, qualquer gestor precisa de visão sistêmica para promover melhorias na empresa, gerenciar custos e aproveitar todos os recursos disponíveis. Essa é uma das competências profissionais que exigem contato verdadeiro com o mundo dos negócios.

No UniSales, você desenvolve visão sistêmica com o auxílio de professores e mentores. Por meio da mentoria profissional, você conversa com profissionais experientes, que oferecem orientação e aconselhamento. É uma grande oportunidade de expandir o seu networking e compreender a realidade da sua profissão em primeira mão.

Ficou claro que não são todas as faculdades que ajudam o aluno no desenvolvimento de competências profissionais? Neste caso, você precisa buscar por instituições cuja metodologia inclui recursos como análise de casos reais, desenvolvimento de projetos, trabalhos em equipe, entre outros.

Então, não perca tempo! Comece a desenvolver as competências exigidas no mercado de trabalho desde o início da graduação! Conheça agora o Salesiano Digital!

;
Logo Unisales