Como escolher uma profissão sem se arrepender depois?

Como escolher uma profissão sem se arrepender depois?

Como saber qual profissão escolher? A resposta para essa pergunta não nasce do nada. Podemos definir alguns critérios e orientações que você pode seguir para entender melhor tanto os tipos de cursos disponíveis como a si mesmo.

Uma coisa é certa: os tempos são outros. Há empregos que existem agora, mas que há uma década sequer eram imaginados. Então, como escolher uma profissão sem se arrepender depois?

Para chegar mais perto da resposta, vamos falar de algumas coisas que você precisa pesquisar sobre cada curso. Vamos lá?

Conheça seu perfil

Quais são as características que definem você? Por exemplo: você é mais  visual, cinestésico ou auditivo? Conhecer o seu perfil pode ajudar a saber como escolher uma profissão de forma mais certeira!

Os visuais são indivíduos mais ágeis, dinâmicos, precisam sempre estar em movimento e envolvidos com alguma atividade. Este perfil tem mais afinidade com carreiras que abrem portas na gestão de processos, como Administração, Arquitetura, Gastronomia, etc.

Os sinestésicos são bastante extrovertidos, se desenvolvem melhor em ambientes onde se trabalha em equipe. Carreiras como Comunicação Social, Marketing ou mesmo atividades relacionadas a vendas são boas portas a explorar na hora de definir qual profissão escolher.

Os auditivos são metódicos, tranquilos e sistemáticos. Gostam de tudo organizado e funcionando de acordo com o necessário. Por exemplo, são pessoas com afinidade em cursos como Engenharias, Contabilidade, Matemática, entre outras.

O que você gosta de estudar?

Entre todas as matérias que você tem na escola, quais são as que mais conseguem manter sua atenção? Quais são aquelas você aprende com facilidade, nem percebe o tempo passar e consegue falar sobre elas a qualquer momento?

Estas disciplinas que “parecem com você” são um claro sinal das suas afinidades tanto teóricas como práticas. Tem gente que simplesmente ama as aulas de português, já outros nem piscam os olhos na hora de estudar história, há ainda quem tem mais afinidade com cálculos, e a lista segue.

Ou seja, por que não aproveitar esse interesse e escolher um curso superior que tenha mais conteúdos parecidos?

Curte mídias digitais? Que tal conhecer melhor a matriz curricular deste curso para saber se ele encaixa com você na hora de pensar como escolher uma profissão?

Faça uma orientação vocacional

A orientação vocacional nasceu há muito tempo, ali pelos anos 1950. De fato, mais do que esperar que esta avaliação decida por você, vale a pena ficar atento às carreiras que uma orientação vocacional pode indicar.

Participar de uma orientação vocacional dá uma mão na hora de saber como escolher uma profissão que tenha mais a ver com suas habilidades, e não estranhe se saírem cursos meio diferentes, como Direito e Arquitetura.

Isso não é um resultado estranho. É você que apresenta as características necessárias para seguir por um destes caminhos.

E agora?

A resposta é uma somatória de coisas. Você não pode ignorar o que o mercado de trabalho espera de você nem a necessidade de saber quais são as suas melhores competências, sejam as suas habilidades socioemocionais ou mesmo conhecimentos técnicos.

E já que você chegou até aqui e entendeu melhor como escolher uma profissão, que tal ficar sabendo como isso pode ser desenvolvido, antes, durante e após a formação?

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão novos conteúdos sobre o assunto!

Logo Unisales